Como funcionam as casas sustentáveis?

Rápidas, tecnológicas e amigas do meio ambiente. Entenda como são construídas as casas sustentáveis de baixo custo.

Uma casa é muito mais do que uma combinação de paredes. É a janela para a transformação, um alicerce do futuro que desejamos construir para as pessoas e o planeta. Descubra hoje como as casas sustentáveis da Favila, projeto apoiado pelo PolvoLab,estão fazendo a diferença nessa transformação.

O que é uma casa sustentável de baixo custo?

A casa sustentável de baixo custo é projetada com o objetivo de minimizar o impacto ambiental, ao mesmo tempo em que é acessível para construção e manutenção.

Essas construções utilizam itens sustentáveis, como madeira certificada, concreto reciclado ou outros materiais, como é o caso das casas do Favila, que utilizam um material vindo de tubos de pasta de dente, material que funciona como um excelente isolante térmico e acústico, além de impedir a propagação do fogo em caso de incêndios.

Em casas sustentáveis, os conceitos de redução, reutilização, reciclagem e uso consciente dos recursos são palavras-chave. Por isso, toda a construção é realizada levando em conta, por exemplo, a entrada de luz solar, a presença de correntes de ar que ajudam a ventilar o ambiente e a economia de água e energia.

Quais as vantagens de uma casa sustentável?

As principais vantagens de uma casa sustentável são a preservação do meio ambiente, a redução do descarte de materiais e a economia financeira e de recursos naturais do planeta. Além disso, o uso de materiais isolantes traz conforto térmico, acústico e sensorial.

Mais dignidade e segurança para famílias brasileiras

Com rapidez e muita tecnologia, o Favila constrói em 48 horas uma casa modular e desmontável, trazendo mais dignidade e segurança para famílias que vivem em favelas brasileiras.  Toda a matéria-prima e processo de montagem são respaldados por tecnologias de ponta e laudos laboratoriais que garantem sua durabilidade.

Esse é um projeto especial que não só abriga, mas nutre e respeita o mundo ao seu redor. Quer saber mais sobre essa iniciativa? Clique aqui

COMPARTILHE

Artigos relacionados